Produtos

Central de Choque - GCP

Central de Choque GPC - componente da cerca elétrica - utilizado durante instalação de cerca elétrica.

A Central de Choque e Alarme GCP 10000 é um equipamento fundamental para o funcionamento da cerca elétrica, como componente da mesma a central é configurada na instalação de cerca elétrica.

Com excelentes pacotes onde cuidamos de tudo, instalamos central de choque e alarme e também servimos nossos clientes com manutenção em central de choque e alarme.

A Central de Choque GPC é um equipamento elétrico e como todos do gênero, são necessários equipamentos e procedimentos regulamentados pela NR 10 - Segurança em intalações e serviços de eletricidade. Chame um profissional e evite o risco pessoal e de sua família.


Dados técnicos * As informações podem ter alterações sem informação prévia. Consulta o atendimento da TELEBEL para as informações mais atuais.


A Central de Cerca Elétrica Eletrificadora GCP 10000 CR foi desenvolvida para aumentar ainda mais a sua segurança patrimonial. Com sua autonomia com bateria é possível se manter seguro por até 12 horas com a ausência de energia.

 
 
Características Gerais:
 
• 10.000 V pulsativos
• Saída para sirenes
• Carregador/flutuador de bateria incorporado
• Alimentação bi-volt 127 Vc.a. / 220 Vc.a.
• Saída auxiliar 12 Vc.c.
• Entrada para sensores (com fio e sem fio)
• Liga e desliga por controle remoto
• Microprocessada
• Frequência 433,92 MHz
• Learning code
 
Especificações:
 
• Alimentação CA: 127V/220V
• Alimentação CC: 12V (utilizar bateria selada 12V/7Ah)
• Consumo: 5 Watts
• Frequência nominal: 60 Hz
• Tensão de saída: 10.000V pulsativos
• Energia acumulada: 0,5 J
• Taxa de repetição de impulso de saída: 
• Duração do impulso de saída: 50 us
• Autonomia da bateria: 12 horas
• Máximo comprimento de fio: 1.200 m de fio eletrificado (Ex.> 300 m de cerca x 4 fios = 1.200 m de fio eletrificado)
• Frequência do receptor: 433,92 MHz

Veja a norma pelo link:http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR-10-atualizada-2016.pdf


Veja o que a norma fala sobre a qualificação dos profissionais:


10.8 - HABILITAÇÃO, QUALIFICAÇÃO, CAPACITAÇÃO E AUTORIZAÇÃO DOS TRABALHADORES

10.8.1 É considerado trabalhador qualificado aquele que comprovar conclusão de curso específico na área elétrica

reconhecido pelo Sistema Oficial de Ensino.

10.8.2 É considerado profissional legalmente habilitado o trabalhador previamente qualificado e com registro no

competente conselho de classe.

10.8.3 É considerado trabalhador capacitado aquele que atenda às seguintes condições, simultaneamente:

a) receba capacitação sob orientação e responsabilidade de profissional habilitado e autorizado; e

b) trabalhe sob a responsabilidade de profissional habilitado e autorizado.

10.8.3.1 A capacitação só terá validade para a empresa que o capacitou e nas condições estabelecidas pelo

profissional habilitado e autorizado responsável pela capacitação.

10.8.4 São considerados autorizados os trabalhadores qualificados ou capacitados e os profissionais habilitados,

com anuência formal da empresa.

10.8.5 A empresa deve estabelecer sistema de identificação que permita a qualquer tempo conhecer a abrangência

da autorização de cada trabalhador, conforme o item 10.8.4.

10.8.6 Os trabalhadores autorizados a trabalhar em instalações elétricas devem ter essa condição consignada no

sistema de registro de empregado da empresa.

10.8.7 Os trabalhadores autorizados a intervir em instalações elétricas devem ser submetidos a exame de saúde

compatível com as atividades a serem desenvolvidas, realizado em conformidade com a NR 7 e registrado em seu

prontuário médico.

6

10.8.8 Os trabalhadores autorizados a intervir em instalações elétricas devem possuir treinamento específico sobre

os riscos decorrentes do emprego da energia elétrica e as principais medidas de prevenção de acidentes em

instalações elétricas, de acordo com o estabelecido no Anexo III desta NR. (Alterado pela Portaria MTPS n.º 508,

de 29 de abril de 2016)

10.8.8.1 A empresa concederá autorização na forma desta NR aos trabalhadores capacitados ou qualificados e aos

profissionais habilitados que tenham participado com avaliação e aproveitamento satisfatórios dos cursos

constantes do Anexo III desta NR. (Alterado pela Portaria MTPS n.º 508, de 29 de abril de 2016)

10.8.8.2 Deve ser realizado um treinamento de reciclagem bienal e sempre que ocorrer alguma das situações a

seguir:

a) troca de função ou mudança de empresa;

b) retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade, por período superior a três meses;

c) modificações significativas nas instalações elétricas ou troca de métodos, processos e organização do trabalho.

10.8.8.3 A carga horária e o conteúdo programático dos treinamentos de reciclagem destinados ao atendimento das

alíneas “a”, “b” e “c” do item 10.8.8.2 devem atender as necessidades da situação que o motivou.

10.8.8.4 Os trabalhos em áreas classificadas devem ser precedidos de treinamento especifico de acordo com risco

envolvido.

10.8.9 Os trabalhadores com atividades não relacionadas às instalações elétricas desenvolvidas em zona livre e na

vizinhança da zona controlada, conforme define esta NR, devem ser instruídos formalmente com conhecimentos

que permitam identificar e avaliar seus possíveis riscos e adotar as precauções cabíveis.


A Telebel segue a NR-10 e trabalha com um time qualificado para atender as necessidades de seus clientes com rigoroso padrão de qualidade.

Gostou? Fale conosco

tecnologia eco webdesign